Nova Zelândia

 

 

Pois é. Começou a viagem para chegar à Nova Zelândia. Chamo-lhe dia zero porque neste momento estou apenas em Barcelona. Devido à hora a que sai o meu vôo amanhã de Barcelona para Singapura, tive que vir hoje e ficar aqui uma noite. É chato mas teve mesmo que ser. Por outro lado é bom porque permite mais descanso para enfrentar os dois enormes vôos que vou ter que aguentar amanhã.

E amanhã o roteiro é realmente violento. Primeiro uma viagem de quase 13 horas de Barcelona até Singapura. Depois uma “estadia” de 3 horas no aeroporto de Singapura. E finalmente mais uma viagem de mais de 9 horas até Auckland. Sim, vou chegar morto mas não vai haver tempo para me queixar :).

Ficam algumas fotos da viagem de hoje, só para ir aquecendo. Até à minha chegada a Auckland!

20130114_new_zealand_0007
20130114_new_zealand_0005
20130114_new_zealand_0015
20130114_new_zealand_0022

 


 

20130117_new_zealand_0084

 

 

Quando se viaja para um destino tão distante como é o caso da Nova Zelândia, temos que nos conformar que uma boa parte do tempo vai ser passado dentro de um avião. Foi o que aconteceu no primeiro dia da viagem. Cheguei a Auckland por volta da meia noite, o que quer dizer que o dia 1 basicamente não existiu. Também por isso, resolvi juntar os dois primeiros dias num único post, visto que sobre o primeiro dia não havia nada a dizer.

Já em relação ao dia de hoje, foi o início da viagem propriamente dita. Às 9 da manhã fui à Budget buscar o carro alugado e lá fui eu rumo a Cathedral’s Cove, o meu primeiro ponto a visitar. Como amanhã já vou para a ilha sul (a Nova Zelândia é composta por duas ilhas, sendo a sul a mais fotogénica), tinha apenas um dia para ir aos três locais que queria visitar na ilha norte. O dia começou muito bom, conforme pude mostrar na foto que coloquei no facebook, mas rapidamente a coisa piorou com o andar do dia. Começou com céu limpo e 20 e tal graus e acabou com chuva e 12 graus. A Nova Zelândia é mesmo assim. Pensei mesmo que a partir do meio do dia não ia dar para fazer mais nada mas o final da tarde acabou em beleza com esse arco iris que podem ver numa das fotos. Só por isso já valeu a pena o dia de chuva :)

Hoje também ficou demonstrado que por muito que se façam planos detalhados de uma viagem, há sempre coisas que escapam. Tinha programado uma visita a uma área termal aqui perto de Rotorua, a cidade onde estou hoje e sabia que aquilo fechava às 16:30. Muito bem…eram 16:15 e lá estava eu à porta. No entanto havia um problema. Sim, fechava às 16:30 mas só entravam pessoas até às 15:45! Correu mal! Por outro lado, quando vi que se pagavam trinta e tal dolares para visitar aquilo, se calhar até foi bom ter chegado atrasado!

Amanhã apanho um avião de manhã (mais um) que me vai levar até Christchurch, a principal cidade da ilha sul. Uma vez lá, pego noutro carro e lá vou eu. Espero que o tempo melhore porque chega-me um arco iris! :)

Deixo-vos algumas fotos de ontem durante a viagem e algumas de hoje, já fotos mais a sério.

20130116_new_zealand_0025
20130116_new_zealand_0034
20130116_new_zealand_0035
20130117_new_zealand_0040 (2)
20130117_new_zealand_0054

 


 

20130118_new_zealand_0200

 

 

Hoje fiz quase 600 km de carro, apesar da manhã ter sido em parte ocupada pelo meu vôo de Rotorua para Christchurch. Já que estou cá poucos dias, que sejam muito bem aproveitados. Assim como ontem, o dia começou muito bom e foi ficando mais encoberto com o avançar das horas. No entanto hoje manteve-se razoável, mesmo quando ficou nublado…não chegou sequer a ameaçar chuva.

Começo a perceber porque é que muitas pessoas optam por vir apenas para a ilha sul. Realmente é muito mais fotogénica do que a ilha norte. É uma paisagem muito mais dramática. A desvantagem é que as distâncias demoram muito mais a ser percorridas devido ao terreno acidentado, embora as estradas estejam bem mantidas.

E preparem-se para muitas montanhas e lagos. Afinal de contas é isso que faz a Nova Zelândia famosa. Amanhã já vai haver mais de certeza, assim o tempo não piore. A ver se também tenho um por do sol com tempo melhor do que nos últimos dois dias :)

Aqui ficam duas fotos de hoje.

20130118_new_zealand_0217
20130118_new_zealand_0182

 


 

20130119_new_zealand_0442

 

 

Hoje foi um dia bom de fotografia. O tempo mudava de hora para hora, tanto em relação a nuvens como em relação à temperatura mas muitos dos locais por onde passei eram espetaculares. Acordei bem cedo e ao nascer do sol já eu estava a fotografar, por volta das 6 da manhã. Fiz perto de 500 km de carro e acho que a manter este ritmo vou bater a minha média diária de distância percorrida numa viagem!

Quando cheguei a Wanaka (cidade onde me encontro), estava a ver que não havia maneira de chegar ao hotel. Há aqui um evento qualquer de ciclismo com milhares de ciclistas…mas milhares mesmo. Eu passei pelo parque onde estavam concentrados e só se viam bicicletas. O problema foi que eles cortaram várias das ruas da cidade e eu não tinha como chegar aqui. Com ajuda do GPS lá fui por umas ruas mais por fora do centro da cidade e consegui evitar os ciclistas.

A parte má foi a constatação de uma estupidez minha. Esqueci-me de ir a um local importante, quando estive lá ao lado ontem. Isto quer dizer que amanhã vou fazer mais cerca de 150 km para lá ir. Tem mesmo que ser. Às vezes os erros saem caros. Na realidade eu não me esqueci…pensei é que era aqui perto onde eu estou hoje, e não onde estava ontem…enfim.

Amanhã vai ser mais um dia que vai começar com o nascer do sol. Tenho cerca de 600 km para fazer e aqui os km demoram a fazer porque as estradas, apesar de serem boas, são só curvas.

Mais uma vez vos deixo com algumas das fotos do dia. Até amanhã.

20130119_new_zealand_0362_-2_-3_tonemapped
20130119_new_zealand_0358_-2_-3_tonemapped
20130119_new_zealand_0381
20130119_new_zealand_0481
20130119_new_zealand_0496
20130119_new_zealand_0547
20130119_new_zealand_0579
20130119_new_zealand_0465

 


 

20130120_new_zealand_0650

 

 

Hoje foi um dia puxado. Foram km a mais, até mesmo para mim. Com o dia de hoje, já passei os 2300 km. Não foi um dia muito produtivo fotograficamente falando porque fui para muito longe e se parava muito para fotografar, não chegava lá. O tempo manteve-se bom mas é incrível as diferenças de temperatura que se registam durante o dia. Hoje variou entre os 3 graus às 7:00 da manhã e os 23 graus às 17:00. Incrível!

Este hotel onde estou em Queenstown cobra por 24 horas de internet, 30 dolares! Ok, eu sobrevivo sem internet. Vou só usar os 15 minutos grátis que eles oferecem para colocar este post e pronto. É um verdadeiro roubo!

Esta cidade fica num localização espectacular. Rodeada de montanhas e à beira de um lago enorme, deve ser um óptimo local para morar. Uma das coisas que mais me tem impressionado neste país é a limpeza. Não se vê um papel no chão. E digo isto literalmente. Hoje durante alguns quilómetros eu fui a observar as bermas da estrada para ver se via lixo, visto que é onde normalmente se acumula mais. Não vi NADA! A forma como eles respeitam a terra onde vivem é de louvar. Ainda relativamente a isto, tenho outra história mas conto depois :)

Amanhã vou visitar Milford Sound, um dos locais mais famosos da Nova Zelândia. Se o tempo estiver bom, deve ser um dia muito interessante…se bem que aquela região específica tem um clima ainda mais complicado do que o resto do país.

Como de costume, fiquem com algumas das fotos do dia.

20130120_new_zealand_0777
20130120_new_zealand_0648_-2_-3_tonemapped
20130120_new_zealand_0702 (2)
20130120_new_zealand_0638

 


 

 

 

Hoje o dia foi completamente dedicado a visitar Milford Sound. Foram cerca de 280 km em cada sentido, que numa estrada sinuosa, demora muitas horas. O tempo esteve mais uma vez perfeito, embora a luz tenha estado bastante dura para fotografia. A viagem até ao destino passa por cenários deslumbrantes. É realmente um local único.

O percurso inclui um túnel com cerca de 1200 metros, diferente de todos os túneis em que já passei. O que é que o faz diferente? O declive! Nunca passei num túnel assim, em que todo ele é a descer (ou a subir, dependendo do sentido)…mas falo de uma descida acentuada, algo tipo 10% ou por aí. Quando uma pessoa sai do outro lado, está a uma altitude totalmente diferente daquela a que estava quando entrou.

É curioso que nem os locais mais famosos da Nova Zelândia estão sobre lotados de turistas. Talvez por isto ser tão longe dos grandes centros populacionais (Europa, Estados Unidos, Brasil, etc), o turismo está de certa forma controlado. Não há nenhum lugar onde uma pessoa chegue e que tenha que andar a desviar-se de outros turistas.

Amanhã o plano é ir fotografar umas cascatas…vamos lá ver se dou com elas. É longe mas é só mais uma viagem longa. Tem sido assim todos os dias :)

Fiquem então com algumas das fotos de hoje, como é habitual.

A
20130121_new_zealand_0943
20130121_new_zealand_0909
A
A

 


 

20130122_new_zealand_1113 - Version 2

 

 

Hoje resolvi andar sem grandes planos. Tinha dois locais para visitar e depois disso, andei mais ou menos perdido pelo sul da ilha. Logo de manhã vi o primeiro ovelha-engarrafamento da viagem :). Estive perto de 10 minutos parado na estrada (como pode ser visto numa das fotos em baixo), à espera que 3 homens e 6 cães fizessem milhares de ovelhas atravessar a estrada. Existem mais ovelhas do que pessoas na Nova Zelândia e depois de ver o que vi hoje, acredito sem reservas!

Mais tarde pude ver por experiência própria como estas pessoas são simpáticas e cordeais. Estava a tirar fotos a uma cascata (podem ver uma em baixo também), quando o suporte com os meus filtros Lee caiu de um ponto de observação para o rio! Boa, pensei eu…já eram! Entretanto uma senhora que estava lá viu aquilo acontecer, e não fez mais nada…saltou para o rio e, juntamente com duas filhas, não descansaram enquanto não encontraram os filtros…ao ponto de eu já ter desistido e elas dizerem para esperar que elas iam encontrar aquilo. E encontraram. Fantástico.

Uma semana chegou para ficar a adorar este país. De todos os que já visitei, e foram muitos, é o primeiro onde eu me via a viver se tivesse que sair de Portugal. É tudo tão organizado, tão seguro, tão limpo, funciona tudo tão bem…mesmo como eu gosto.

Mas infelizmente amanhã já vai começar a tortura da minha viagem de volta. Vão ser 4 vôos em sequência, que me vão deixar morto. Mas pronto, tem mesmo que ser :).

Ficam aqui algumas fotos de hoje.

20130122_new_zealand_1101
20130122_new_zealand_1018
20130122_new_zealand_1015
20130122_new_zealand_1010

 


 

 

 

Foram exactamente 44 horas desde o momento em que entrei no primeiro aeroporto até ao momento em que entrei em casa. A viagem mais longa da minha vida!

Valeu a pena? Sim, valeu. Valeu a pena porque a Nova Zelândia é um país perfeito para aquilo que são os meus gostos. É um país com uma natureza intacta, é um país limpo, seguro, organizado. É um país onde uma pessoa se sente bem. A minha visita foi muito breve e gostava de ter tido pelo menos mais uma semana para explorar mais e com mais tempo o país. No entanto, os dias que lá passei foram aproveitados ao máximo. Foram 3.800 km em menos de 7 dias completos, em que andei a rodar desde o nascer ao por do sol. Tenho a certeza que vi o máximo que podia ver nesse periodo de tempo :).

A verdade é que não vi nada que não gostasse. Tenho por hábito escrever sobre as coisas boas e menos boas de cada viagem mas neste caso não há nada que possa apontar com aspecto negativo. Ok…se quiser ser mesmo muito exigente, diria que a internet paga em alguns dos hoteis era basicamente um assalto…e vim todo mordido pelos mosquitos LOL. E é isso.

Em relação a coisas boas, para além do que já disse, fiquei surpreendido pela forma como o turismo está controlado. É bem provável que a distância a que aquilo fica dos principais centros populacionais ajude, mas a verdade é que não se vê aquele turismo de massa, com dúzias de autocarros cheios de estrangeiros. A maioria dos turistas fazem como eu…alugam um carro ou então uma auto caravana e vão à descoberta. Até em Milford Sound, um dos locais mais conhecidos do país, foi facílimo encontrar lugar para estacionar o carro no parque de estacionamento…e não é tão grande assim.

A Nova Zelândia entrou directamente para o meu TOP de destinos preferidos. É longe? É. É caro? Sim, é caro…mas isso deve-se principalmente à distância e ao que custa chegar lá. Como me disse uma pessoa local numa conversa de 5 minutos, se não fosse tão longe, provavelmente não seria o que é.

Fotograficamente também foi uma viagem de sucesso, na minha opinião. Devido ao pouco tempo que tive, não me pude preocupar muito com a luz e em fotografar apenas nas melhores horas. Tive que lidar com todos os tipos de luz e viver com isso. Ainda assim gosto muito de algumas das fotos e vim contente com o resultado.

Ahh…uma última nota para uma coisa que achei super engraçada. Sabem aqueles videos de segurança que passam nos aviões no início de todas as viagens? Quem já andou de avião sabe do que eu falo, pelo menos quem tenha voado em aviões com monitores. São videos geralmente muito sérios e chatos aos quais pouca gente liga. No entanto, há quem faça a diferença. O da Air New Zealand é verdadeiramente espectacular! Como muita gente sabe, a saga de O Senhor dos Aneis foi filmada na Nova Zelândia e eles incluíram o tema do filme no vídeo, dando-lhe um toque de humor. Vejam aqui, se tiverem uns minutos. Está brilhante e vale a pena!

E ficam aqui 4 fotos das que tirei na viagem de volta. Nada de muito interessante, apenas algo para ilustrar este post. Obrigado a todos os que seguiram a minha viagem. É provável que ainda publique mais algumas fotos daqui a uns dias. Até à próxima ;)

20130122_new_zealand_1158
20130123_new_zealand_1194
20130124_new_zealand_1211

 


 

20130119_new_zealand_0389

 

 

Viagens diferentes apresentam desafios diferentes quando se fala de fotografia. No caso da Nova Zelândia, foi bastante fácil fotografar o país e o equipamento que levei foi o suficiente, não tendo eu sentido a falta de nada que não tivesse comigo. Como em qualquer viagem, o estado do tempo determina em grande parte o sucesso ou não do trabalho fotográfico. Como quase sempre, tive direito a bom tempo na quase totalidade do tempo que lá passei, o que ajudou em muito ao resultado que consegui e que têm podido acompanhar neste blog. Embora seja sempre preciso um pouco de sorte, a preparação da viagem também ajuda a que se tenham as condições ideais para fotografia, isto porque deve-se sempre ir numa época em que as probabilidades de bom tempo sejam maiores.

Relativamente ao equipamento que levei comigo, das três objectivas que foram, acabei por só usar duas. A 50mm, que é quase sempre das mais usadas, não tirou uma única fotografia. Porquê? Tem a ver com as características do terreno. São quase sempre paisagens abertas, grandiosas…o que nos leva a usar uma grande angular se queremos mostrar um aspecto global do local, ou uma tele objectiva se queremos isolar parte do que vemos à nossa frente. Já em relação aos corpos, como é natural a D800 foi bastante mais usada do que a D600 mas esta também trabalhou em diversas ocasiões, especialmente quando as fotos envolviam o tripé.

No restante equipamento, os filtros tiveram uma utilização diária, como é costume…em especial os polarizadores e os densidade neutra. Fiquei também com a certeza que fiz a escolha certa ao levar uma mochila em vez da mala com rodas. Conforme desconfiava, se a tivesse levado, tanto nos vôos entre o Porto e Barcelona como no vôo entre Rotorua e Christchurh, a mala não teria ido comigo como bagagem de mão porque não cabia nos respectivos compartimentos. E em relação a baixas, perdi o comando infra vermelhos da D600. Nada de grave, custa apenas meia dúzia de euros…mas fez-me falta em uma ou outra situação.

E para fechar o capítulo Nova Zelândia, deixo-vos com mais treze imagens, que encontrei numa segunda edição que fiz ao material que trouxe de lá. Penso que com todas as fotos que já mostrei desta viagem, consegui transmitir um pouco do que é este país em relação a paisagens, especialmente a ilha sul onde passei quase todo o tempo. Obrigado pela visita :)

20130119_new_zealand_0548
20130118_new_zealand_0209
20130119_new_zealand_0483 - Version 2
20130119_new_zealand_0462
20130118_new_zealand_0298
20130119_new_zealand_0454
20130120_new_zealand_0759_-2_-3_-4_tonemapped
20130120_new_zealand_0804
20130119_new_zealand_0409
20130118_new_zealand_0241
20130119_new_zealand_0578

 

 

Name / Nome

Email

Subject / Assunto

Message / Mensagem